Frete grátis nas compras acima de R$ 150 🔥

O que acontece com a libido e o orgasmo quando você toma antidepressivos?

No mês de conscientização da prevenção ao suicídio, é necessário abrir espaço para a desmistificação de alguns impactos do tratamento com medicamentos antidepressivos. 

 

Sabia que muita gente não busca ajuda profissional por conta da preocupação com os efeitos colaterais, tipo mudanças na libido e dificuldade para chegar ao orgasmo?

 

"Entre os efeitos colaterais dos antidepressivos que atuam na regulação de serotonina, está o retardado ejaculatório, conhecido como a dificuldade de alcançar o orgasmo", explica a psiquiatra Olivia Pozzolo. 

 

Quando falamos especificamente em libido, é importante lembrar que os próprios sintomas depressivos podem reduzir o desejo sexual, e não somente o uso de medicamentos.

 

"Mas é necessário entender os benefícios do tratamento. Conversar com a parceira ou parceiro sobre os possíveis efeitos colaterais é algo que ajuda a reduzir um estigma tanto do retardo ejaculatório, quanto da redução da libido", conta Olivia. 

 

A consciência e o diálogo são o primeiro passo do caminho do prazer. 


leia também

5 mitos e verdades sobre o HIV

Libido na gravidez e no pós-parto: entenda os altos e baixos

Para esquentar o clima: 5 filmes para ver a sós ou a dois, três…

Ícone em 3d que imita um corpo humano fofo